Internautas pedem que ministro negocie com índios em Belo Monte

FONTE: Folha de São Paulo – Painel do Leitor

folha-2013050808/05/2013 – 16h53

Ativistas reivindicam nesta quarta-feira (8), por meio do Twitter, a presença do ministro Gilberto Carvalho, da Secretaria-Geral da Presidência da República, no principal canteiro de obras da usina hidrelétrica de Belo Monte, em Vitória do Xingu, a 954 km de Belém, no Pará.

Com a tag #VaiLáGilberto, internautas pedem que o ministro negocie com integrantes de tribos indígenas que invadiram o local, paralisando parcialmente a obra pelo sétimo dia consecutivo.

O pedido é destaque na lista de assuntos mais comentados no microblog no Brasil e no mundo.

Dos cerca de 180 índios que iniciaram as reivindicações, 35 deixaram o local. Permanecem na manifestação, que começou no dia 2, os índios mundurucu, que são a maioria.

Eles dizem ter uma pauta de reivindicações para o governo federal, como a regulamentação do mecanismo de consulta prévia sobre obras que interfiram em terras indígenas, paralisação de obras e estudos de hidrelétricas nos rios Xingu, Tapajós e Teles Pires, e suspensão do envio de tropas da Força Nacional de Segurança às comunidades.

A Secretaria-Geral da Presidência da República informou na segunda-feira (6) que não irá negociar com os índios que invadiram um dos canteiros da obra da hidrelétrica de Belo Monte (PA), paralisando parcialmente a obra pelo quinto dia consecutivo.

Por meio da assessoria, a pasta disse que os índios munducuru não são sérios e não querem negociar. Chegou a relacionar um dos líderes do movimento ao garimpo ilegal no Tapajós, cuja manutenção estaria por trás dos interesses do grupo.

A assessoria disse ainda que Carvalho se colocou a disposição dos índios por duas vezes para discutir mecanismos de consulta prévia sobre obras de hidrelétricas nos rios Tapajós e Teles Pires.

Afirmou que os índios chegaram a viajar a Brasília em fevereiro, custeados pelo Planalto, e não apareceram em reunião marcada com o ministro –também faltaram, segundo a pasta, a outra reunião, em abril, em Jacareacanga (PA).

“Eles mudam a regra do jogo na última hora. Não querem negociar e agora fizeram essa invasão em Belo Monte. Não são sérios e não são honestos”, afirmou o assessor especial do ministério Sérgio Alli.

HASHTAG

Hashtag é o símbolo (#) usado para marcar palavra-chave ou tópico em um Tweet. Qualquer usuário do Twitter pode categorizar ou seguir tópicos com hashtags. É a forma mais rápida de unir conteúdos e compartilhar interesses na Internet.

No site hashtag.org você pode ver quais os assuntos que já foram criados. Há uma caixa de pesquisa no canto superior direito para que possa realizar uma busca e ver a disponibilidade de seu hashtag. Se não existir, você pode criá-lo simplesmente twitando e incluindo o hashtag (#) na sua postagem.

Uma resposta para “Internautas pedem que ministro negocie com índios em Belo Monte

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s